clube   |   doar   |   idiomas

Existe uma página específica para este artigo. Para acessá-la clique aqui.

O que é Mises Academy

Com muita satisfação escrevo esse breve texto na tentativa de explicar o mais novo, e grandioso, projeto do Instituto Mises Brasil. 

Na verdade, para contar o que é o Mises Academy é importante falar dos 14 anos do IMB, pois trata-se do resultado de um processo de crescimento e amadurecimento de nossa Instituição.

O Instituto Ludwig von Mises Brasil é uma associação voltada à produção e à disseminação de estudos econômicos e de ciências sociais que promovam os princípios de livre mercado e de uma sociedade livre. 

Para alcançar essa missão, três objetivos nos norteiam: (i) promover os ensinamentos da escola econômica conhecida como Escola Austríaca; (ii) restaurar o crucial papel da teoria, tanto nas ciências econômicas quanto nas ciências sociais, em contraposição ao empirismo; (iii) defender a economia de mercado, a propriedade privada, e a paz nas relações interpessoais, e opor-se às intervenções estatais nos mercados e na sociedade.

Diversas são as ações para alcançar estes objetivos: o site do Instituto que traz diariamente novos artigos já ultrapassando a marca de 3.500 artigos publicados, alcançando a incrível marca de mais de 1 milhão de pageviews, em média, por mês. A agregação de acadêmicos e profissionais renomados contribuíram para uma forte expansão para palestras e eventos nas Universidades e fora delas. 

Foram mais de 100 palestras ao ano, sendo que a última Conferência de Escola Austríaca reuniu mais de 900 participantes na sua última edição. 

Em 2013, o Instituto Mises inicia seus projetos voltados para o a academia: iniciou a publicação do periódico impresso MISES: Revista Interdisciplinar de Filosofia, Direito e Economia (ISSN 2318-0811). No final do ano de 2017, ficou evidente a necessidade de avançar a publicação de artigos científicos, seguindo o foco e escopo, em formato on-line e aberto a publicações em inglês, espanhol, além do português. 

Neste sentido, o lançamento da MISES: Interdisciplinary Journal of Philosophy, Law and Economics com sua primeira edição no primeiro semestre de 2018 propôs um ganho, tanto para o acesso às publicações, quanto à capacidade de a revista influenciar o debate acadêmico com o pensamento da Escola Austríaca de Economia. 

Atualmente, a revista é acessada em mais de 110 países e indexada em diversos repositórios nacionais e internacionais. 

Mas foi no ano de 2016 que os pés foram fincados na educação: a abertura da primeira turma do curso de pós-graduação em Escola Austríaca, e a oferta de diversos cursos livres. 

Como importante Think Tank do cenário liberal brasileiro, mostrou-se necessária uma área dedicada a projetos acadêmicos, para a expansão de oferta de cursos, tanto de pós-graduação quanto de cursos livres e de extensão.

Assim, o Mises Academy é o novo braço acadêmico do Instituto Mises Brasil com a grande missão de contribuir para que o IMB se torne referência em ensino de Escola Austríaca e Liberalismo no Brasil. 

Para tal, o Mises Academy será a incubadora de um ousado projeto: a fundação da primeira universidade austro-libertária da América Latina. 

O primeiro passo já foi dado, e se você está lendo esse texto é um sinal de que podemos alcançar esses objetivos, dado que o conteúdo disponível em nossa nova plataforma consegue alcançar pessoas de diversas regiões de nosso país. 

Aproveite todos os recursos: blog, Repositório Acadêmico Mises (RAM — com trabalhos de conclusão de cursos de egressos e working papers de professores), Mises Journal, Webnários, lives, e, claro, nossos três novos cursos de pós-graduação. 

Finalizo esse texto com a citação de um trecho de um editorial que escrevi para a Mises Journal (2019, v.7 n.2):

O biólogo britânico Thomas Huxley nos relata que "o degrau de uma escada não serve simplesmente para que alguém permaneça em cima dele; destina-se a sustentar o pé de um homem pelo tempo suficiente para que ele coloque o outro um pouco mais alto". 

Que essa definição nos sirva de inspiração em nossa caminhada. E que assim possamos, a cada edição, sustentar os novos passos sempre à frente e vertiginosamente. Sobretudo, que cada nova revista seja ainda mais suporte, mais esteio e terra cada vez mais firme para a pesquisa da Escola Austríaca no Brasil.


Acesse e faça parte!

https://misesacademy.com/


autor

Adriano Paranaiba

Adriano Paranaíba é Economista, Doutor em Transportes (UnB). Professor de Economia no Instituto Federal de Goiás (IFG). Editor-Chefe do Periódico Acadêmico do IMB - MISES: Interdisciplinary Journal of Philosophy, Law and Economics.

Website: www.adrianoparanaiba.com.br


  • Antonio Barbosa  28/11/2021 15:58
    Parabéns por mais esta iniciativa, embora seja, até hoje (!) impossível o pensamento da Escola Austríaca adentrar nas escolas de economia das universidades, totalmente dominadas pela esquerda.
  • Imperion turbo nuclear quântico com equio  30/11/2021 13:53
    o importante e o pensamento austríaco ebtrar nas mentes das pessoas
  • EUGENIO  08/02/2022 03:36
    Parabéns pela iniciativa

    Sou estudioso principiante das materias da ACADEMIA MISES e sempre que posso invisto em ler e ouso as vezes dar idéias que percebo importancia ,ERRADAS e que se repetem por DOUTORES EM ECONOMIA quando estão em governo.

    Aprendi e aprendo por aqui

    -PRINCIPIOS E CONCEITOS QUE PODEM SER APLICADOS EM DETERMINADAS CIRCUNSTANCIAS, COM OS MESMOS RESULTADOS OBTIDOS EM OUTRAS CIRCUNSTANCIAS SEMELHANTES,QUE PODEM SER USADOS TAMBÉM PARA "LER" SITUAÇÕES DE UMA REALIDADE E QUASE PREVER COM ACERTO RESULTADOS SEMELHANTES.

    EX. leis de mercado,oferta e procura e a não ação do Estado que desequilibraria condições de produção,comercialização.

    PREÇOS DE MERCADORIAS SEMPRE LIBERADOS: O próprio mercado vai ajustando.

    PREÇOS CONGELADOS: História triste,não funciona,faltarão mercadorias,baixam qualidade,somem e criam ações absurdas como "CAÇAR BOI NO CAMPO" de helicóptero.

    Já vimos isso e a Argentina, a Venezuela estão repetindo as besteiras que fizeram no Brasil em outros tempos.
    ------------------------------

    UM "MEGA ÓBVIO ULULANTE" NA ECONOMIA PLANETARIA
    =================================================

    (QUE NÃO QUER PARAR DE "ULULAR" MAS QUE NINGUEM FALA CLARAMENTE)

    UM SACRILÉGIO DE ACORDO COM PENSAMENTOS DE MISES:

    A NÃO INTERVENÇÃO DE ESTADO,DE QUALQUER MANEIRA QUE FOR,NAS ECONOMIAS PRIVADAS
    ------------------------------------------------------------------------------ COM SUBSIDIOS,ISENÇÕES,CREDITOS , E CLARO "DUMPING".
    ---------------------------------------

    Pois a China literalmente destruiu sistemas de preços do mundo todo cometendo tudo que é contra principios de MISES, quebrando industrias do mundo todo, empregos,instituições, um arraso e impõe hoje suas manufaturas quando preciso atraves de dumping;

    UM ESTADO GIGANTE COMO A CHINA ,COM RECURSOS GIGANTES DE MERCADO,AGINDO E COMPETINDO COM ECONOMIAS PRIVADAS QUE SE ESFACELAM EM FUNÇÃO DISSO.

    A China agindo "misteriosamente" em governos de paises de todo o mundo,falam em corrupção, conseguem ser consideradas como "ECONOMIA DE MERCADO" e então comercializam como se lhes interessa, no mundo todo.

    Constroem rotas maritimas mercantis, férreas,aéreas,para garantir entrega de suas produções.

    Criam bancos e instituições de financiamento(DE ESTADO) chineses para financiar seus negócios.

    Em 2002 um economista americano Jeffrey Nyquist com grande visão estratégica descreveu o mundo de HOJE,ATUAL, e foi chamado de louco e desequilibrado, alertou governos, americanos em especial,pois ele projetou em cima de principios que percebemos em MISES.

    Enquanto o mundo não agir para botar as "coisas em seus lugares", o que vale para um vale para todos, mão na bola dentro da área é PENALTE para chineses e todo o mundo, a SUPREMACIA CHINESA SE FARA ARRASADORA!.

    O PLANETA SERA CHINES

    Vejo que aqui na ACADEMIA se fala pouco sobre isso,o mais grave evento na economia do mundo ,atualmente e com consequencias para todos os povos e sua liberdade.




Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.